Mais uma vez, amor

O coração nunca envelhece. Basta um serviço, um nada, um abraço e tudo nele se ilumina e aquece. ~ Antônio Feijó

Quando estamos apaixonados, tudo torna-se mais “fácil”: aquela inspiração sempre surge, não há espaços vazios no pensamento, as pessoas consomem mais, as pessoas comem mais. O apaixonado sonha mais, dorme menos, faz mil planos, suposições, ouve-se mais música.

Como é bom estar no embalar desse sentimento, mas é preciso cuidar para não afogar-se em tanto sentimento, ou acordar de um sonho com sensação de pesadelo.

Não existe idade certa: crianças, adolescentes, adultos. Cada dia que passa percebemos que não há momento certo, hora certa. A qualquer momento podemos nos apaixonar perdidamente e assim como surge, some.

Nunca é tarde para o despertar desse sentimento. Seja por uma pessoa, por si mesmo, por um animal, por um esporte, pela vida, pelas próprias pessoas. Esse exercício de amar deve ser praticado todos os dias, todas as horas. Como é bom amar – e principalmente, ser amado.

Mas se sua hora ainda não chegou, não se preocupe. Sempre achamos que nunca vamos encontrar alguém que nos ame de verdade, mas sempre encontramos! Não se preocupe.

Eu sempre gostei de falar de amor. Esse sentimento é algo único.

Se você acha bobagem, tudo bem, você tem sua opinião. Mas você não sabe o que está perdendo.

Uma semana cheia de amor para você.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s