Esse verbo viver…

Uma vida não questionada não merece ser vivida. ~ Platão

Quantos de nós não se sentem como peixes fora d’água, estranhos no ninho? Muitas vezes eu me sinto assim, uma estranha dentro de um corpo, dentro de uma vida.

Por que é tão difícil fazermos aquilo que sabemos que temos que fazer? Temos a consciência que a mudança é necessária, que ela exige paciência, mas por que somos tão ansiosos e medrosos, tão carentes de amigos e amores?

Temos tantas ‘necessidades’… Aliás, alguns ainda tem salvação. Impressionante como alguns de nós tem paciência, serenidade para esperar o momento certo para tudo… E esses são os mais felizes (ao menos parece).

Por que nos preocupamos com tantas coisas pequenas e bobas, sendo que temos um mundo em constante guerra, pessoas que morrem, veem suas famílias morrem, tem fome, sede, seja de alimento ou de cultura, ou de vida!!!

Mas ainda sim, sabendo de tudo isso, continuamos errando e errando. Até quando?

Esse verbo viver é o mais difícil de ser conjugado. Quem realmente sabe viver? Quem erra ou quem acerta? Ou os dois?

Espero ter um dia um pouco mais de sabedoria para entender tudo isso. Eu sei, eu sei, é vivendo que se aprende a viver.

Pronto, talvez eu tenha achado a resposta que gostaria.

#CCS

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s